Redator freelancer é uma ocupação que pode ser executada por qualquer pessoa. Tendo acesso à internet já é possível buscar projetos, executá-los e entregá-los. Mesmo com o celular você já pode trabalhar com a redação.

Principalmente em épocas de crise, procurar meios para ganhar dinheiro sem depender de uma empresa ou da boa vontade do governo, é fundamental.

A fim de encontrar esses meios, ser um freelancer é uma das melhores opções. Até porque, é possível trabalhar do conforto do seu lar, sem precisar ficar ouvindo um patrão cobrando você o dia todo.

Redator freelancer: vagas, disponibilidade, quanto ganha... Descubra tudo

Existem muitas áreas que um freelancer pode atuar, porém, uma das mais simples para quem quer começar hoje mesmo, é o redator freelancer. Quer saber mais sobre esse meio?

Vamos lá!

O que é um freelancer?

Antes de mais nada, é importante que você saiba o que é um freelancer. Em suma, um freelancer nada mais é que uma pessoa autônoma ou um profissional liberal que presta os seus serviços pela internet.

Ou seja, se você for um arquiteto, por exemplo, e você presta serviços para clientes de forma online, você já é um freelancer.

Como ser um redator freelancer?

Agora que você já sabe o que é um freelancer, está na hora de entender como ser um redator freelancer.

Embora seja uma das áreas mais fáceis para quem quer começar, para ser um redator você precisa de conhecimentos mínimos de português.

Além disso, você precisa ser uma pessoa criativa, até porque, todas as redações que você vai fazer precisam ser inéditas e sem plágio.

Em seguida, é recomendado que você faça alguns cursos gratuitos que você pode encontrar na internet. Os da empresa Rock Content são os melhores para quem quer aumentar a credibilidade como redator e consequentemente conseguir mais projetos.

Por fim, se você sabe escrever, é uma pessoa criativa e já fez cursos gratuitos, está na hora de procurar seus projetos.

Atualmente, a melhor forma de encontrar projetos é utilizando sites de Freelancer, são eles:

Embora todos sejam ótimos, considero o Workana o site mais simples e o mais completo para redator freelancer iniciante. Entretanto, você irá pagar uma taxa de 20% sobre cada trabalho. Para saber mais, tem um artigo falando somente do Workana aqui.

Ghost writer

Ghost writer (escritor fantasma, em tradução livre) é uma pessoa que escreve textos e não recebe direitos sob a sua autoria. Basicamente, durante a negociação o autor aceita ceder estes direitos mediante o pagamento do seu trabalho.

Ghost writer

Um ghost writer pode escrever artigos, depoimentos, pautas, livros e qualquer texto em geral. Os diretos autorais são cedidos à pessoa que contratou o ghost writer, assim ela pode dar ao texto qualquer finalidade e monetizá-lo da maneira que desejar.

Basicamente, um redator freelancer é um ghost writer. Ele escreve o texto conforme negociado, entrega ao cliente e, quando aprovado, recebe o valor combinado e o texto seguirá o destino que o cliente quiser.

Por que se tornar um redator freelancer?

Hoje em dia é o sonho de muitas pessoas trabalhar em casa, sem se preocupar com horários, com patrões chatos, etc.

Entretanto, será que ser um redator freelancer é tão bom como dizem? Embora tenham sim dificuldades, ser um freelancer de qualquer área possui muitas vantagens que tornam este segmento atrativo para todas as pessoas.

 1.    Flexibilidade de horários

Em primeiro lugar, como citei anteriormente, a partir do momento que você se torna um redator freelancer, você vai ter flexibilidade em seus horários. Na verdade, isso acontece também para freelancers em geral.

Antes de mais nada, isso pode ser uma vantagem ou uma desvantagem. Por quê? Em suma, muitas pessoas não conseguem ser produtivas sem ter um horário fixo.

Todavia, o fato de você ter flexibilidade de horário não impede que você crie o seu próprio horário fixo, de acordo com o seu dia a dia.

O ponto aqui é que você pode escolher o horário que quiser, então você pode se “impor” um horário fixo; ou escolher o horário que quiser.

No fim, o importante é entregar o projeto pontualmente, independente do horário que você o executou.

2.    Aprendizado contínuo

Em segundo lugar, principalmente para quem ama aprender, ser redator será a profissão dos seus sonhos.

Com a finalidade de escrever uma redação, você primeira precisa estudar sobre o tema proposto para passar com sua linguagem o conhecimento para o papel.

Sendo assim, você vai ter um aprendizado constante que pode te ajudar em muitas áreas da sua vida. Em outras palavras, você vai literalmente ganhar para aprender.

Por que se tornar um redator freelancer?

3.    Possibilidade de alto rendimento

Atualmente é muito comum vermos as pessoas começando a trabalhar tarde. Vivendo boa parte das suas vidas dentro de uma faculdade fazendo graduação, pós-graduação, mestrado, doutorado, para no final, ganhar uma quantia relativamente alta de dinheiro.

Porém, quando você se torna um redator freelancer especialista, automaticamente sua demanda de projetos vai aumentar e você vai passar a cobrar muito mais pelos seus artigos.

Embora seja algo muito variável, conheço redatores que ganham mais de R$10.000 todos os meses, principalmente redatores especialistas em copywriting (redação voltada para a venda).

Lembre-se, esse rendimento não vai acontecer de um dia para a noite e muitas vezes pode nem acontecer. Porém, para quem gosta de aprimorar seus conhecimentos, dez mil reais é sim uma realidade.

4.    Trabalhar com o que gosta

Embora seja uma área muito atrativa, não recomendo para quem não tem paixão por escrever. Até porque, quem não gosta de escrever não cresce nesse mercado. Para escrever artigos de qualidade, colocar toda a sua vontade e paixão, é fundamental.

Sendo assim, a partir do momento que você ama escrever, criar ou comunicar, trabalhar como redator freelancer poderá ser o trabalho ideal para você.

Provavelmente você vai trabalhar aos domingos como se fosse qualquer outro dia da semana, vai sentir prazer em atuar nessa área, principalmente quando o dinheiro entrar.

5.    Renda extra

Por fim, como citei anteriormente, na crise é necessário procurar alternativas de renda. Isso, porém, não significa procurar um novo emprego, mas sim, ir em busca de uma fonte de renda.

Pensando nisso, atuar como redator freelancer é perfeito para quem precisa de renda extra. Além disso, caso você seja bom, com o tempo a renda de redator pode superar a sua renda principal.

Dentre o meu círculo de amizade existe uma pessoa que começou dessa forma. Estava procurando emprego em restaurantes para trabalhar aos sábados e domingos, e descobriu a área de redator freelancer.

Depois de 6 meses, ele já estava ganhando mais de R$ 1.000 apenas como renda extra trabalhando 2 horas durante a semana e meio período nos fins de semana.

Redator freelancer: vagas, quanto ganha... Descubra tudo

Posteriormente, ele ficou tão bom no que fazia que atualmente se especializou em copywriting. Hoje ele ganha dinheiro vendendo carta de venda para grandes empresários digitais.

Conclusão

Em conclusão, para quem ama criar, comunicar e escrever, a profissão de redator é sensacional.

No começo, porém, você vai passar por algumas dificuldades, mas isso acaba quando você conseguir clientes recorrentes e ir ganhando experiência.

Além disso, quanto mais o tempo passar e mais você se especializar, vai começar a ter reconhecimento no mercado e consequentemente vai faturar mais.

Agora é com você, comece hoje mesmo como redator freelancer.

Junte-se ao grupo VIP Informe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos com prioridade
100% livre de spam

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!